Mãe faz o seu filho que é saudável passar por mais de 10 cirurgias e o motivo é de cortar o coração.

Uma mãe ficar preocupada com a saúde do filho é uma coisa melhor do que comum, uma vez que basta a criança entregar um sinal que ela logo trata de analisar o que pode ser, porém o caso de Kaylene Bowen é completamente distinto, uma vez que ela levou o filho de 10 anos mais de 300 vezes ao hospital e também tirou com que a criança passasse por 13 cirurgias, fazendo até mesmo um transplantação.

Christopher é um herdeiro sadio, apenas que a mãe possui um transtorno dos fenômenos mentais e constantemente que levava o filho ao médico dizia que ele aparecia sentindo alguma coisa que seria capaz ser definido como uma enfermidade crônica ou até mesmo um câncer, deixando todos desesperados.

O estirpe do cabrito similarmente se desesperou e entrou na Justiça pedindo a conserva de Christopher e alega que o filho não possui impreterivelmente nada, porém a ex-esposa não aparecia sabendo labutar com o dificuldade. Essa conflito toda apenas foi resolvida em seguida que uma equipe médica no Texas, Estados Unidos, desconfiou das atitudes da mãe.

Os médicos submeteram a criança a uma trem de exames e chegaram à entendimento que ele não tinha nenhuma enfermidade. Em seguida disso, o sugestão tutelar passou a conserva do herdeiro para o estirpe, Ryan Crawford, que passou a ser o único encarregado por ele. Apenas que há pouco tempo este caso teve uma reviravolta visto que a mãe declarou ser culpada pelas mais de 300 visitas que o herdeiro tirou a médicos desnecessário.

Kaylene padece da síndrome de Munchausen e por isso constantemente fazia parecer que a criança aparecia alucinado, porém na verdade apenas queria contatar a atenção para si. Entre os anos de 2009 a 2016, o herdeiro foi domesticado a 13 cirurgias por crime da mãe.

A mulher será julgada em outubro e se for condenada será capaz de pegar até 20 anos de prisão. O estirpe do herdeiro disse que agora está bem visto que o filho não terá de sentir como no passado, indo a médicos desnecessariamente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *