Confira as dicas para financiar seu veículo

Se você pensa em comprar um veículo, mas não tem o valor necessário ou simplesmente não deseja fazer o pagamento à vista, o financiamento pode ser uma excelente opção.

Continue lendo o nosso artigo e descubra como funciona e como você pode fazer um financiamento para compra de carro novo ou usado.

Entenda mais

É possível fazer um financiamento direto com a concessionária ou em bancos e instituições financeiras.

Vantagem do carro financiado: retirada imediata do veículo.

Desvantagem do financiamento de carros: cobrança de juros que varia não apenas entre as concessionárias e os bancos, mas também com o valor de cada carro. 

O Banco Central disponibiliza uma tabela atualizada de taxas cobradas por cada instituição financeira.

No caso do carro financiado com a concessionária você ainda vai pagar pela comissão do vendedor.  Sendo assim, se possível, tenha um valor para dar de entrada. Vale até tentar dar o carro usado como entrada. 

Isso faz com que você tenha acesso a juros mais baixos. Dependendo da situação, pode ser mais vantajoso pedir um empréstimo no banco para pagar à vista.

 Dicas para fazer o financiamento

Antes de escolher o melhor tipo de financiamento para compra de carro, é muito importante prestar atenção a alguns pontos para não ter surpresas no futuro e conseguir finalizar o pagamento das parcelas com tranquilidade.

Compare as taxas de juros

O primeiro ponto é sempre comparar as taxas de juros praticadas em diferentes instituições e modalidades de financiamento. Entenda quais bancos oferecem as melhores condições e compare todas as tarifas e regras para contratação do financiamento para que você consiga escolher a opção mais adequada que se encaixe às suas necessidades e dinheiro disponível.

Faça uma simulação dos valores

A grande maioria, se não todas as instituições oferecem ferramentas que possibilitam com que você faça uma simulação do financiamento para compra de carro. Use esse tipo de facilidade ou faça a sua própria simulação para visualizar como serão os pagamentos e taxas ao longo do tempo e entender, na prática, se os valores propostos estão de acordo com o seu orçamento e você conseguirá arcar com todos os pagamentos.

Lembre-se que esse tipo de análise é de extrema importância para que você não seja surpreendido no futuro com uma parcela muito maior do que as que estava esperando.