Mudança no caso Raíssa: mãe do menino suspeito diz que ele não confessou o crime direito

O caso Raíssa vem repercutindo na imprensa nacional e externo e saíram algumas matérias informando que o herdeiro de 12 anos teria confessado o crime, apenas que a mãe dele disse que isso não é verdade.

Em uma depoimento à Record, a mãe do adolescente afirmou que o filho não assumiu a autoria do crime e que ele apenas teria observado a criança ser morta. Raíssa foi encontrada preia pelo pescoço, o criminoso usou um cordão para amarrá-la a uma veio e havia ferimentos pelo corpo da criança.

O crime foi cometido em um jardim próximo ao CEU – Centro Educativo Unificado, no Anhanguera, brega norte de São Paulo. A mãe aparecia em uma farra com a filha e o partidista mais novo dela no momento em que deixou a criança por um perseverante. Em seguida disso não viu a criança mais com vida.

Luiz Eduardo Marturano, delegado do DHPP – Seção de Assassinato e Proteção à Indivíduo, deu uma depoimento coletiva outrora e disse que na última versão o herdeiro confessou ter matado Raíssa.

A Polícia Civil havia mencionado que o cabrito deu uma versão contraditória em correlação à antepositivo e contou que um homem conhecido por Baianinho é quem teria matado amenina. Porém de acordo com a polícia a versão conhecida ao longo a madrugada era a mesma que o cabrito disse em casa pouco em seguida do crime.

Apenas que em uma depoimento à Record TELEVISÃO, a mãe do suspeito alegou que o filho não confessou nada, somente é comprovação do crime. O delegado encarregado pelo caso informou que nenhuma eventualidade está sendo descartada e que investigará a possível comunicação de terceiros.


Leiam Também...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Faça seu Cadastro abaixo:

Receba informações sobre esportes, notícias atuais, crédito, financiamentos e muito mais!

You have Successfully Subscribed!