Ao revelar que reforços virão para 2020 o presidente do Grêmio anima sua torcida

Em depoimento para a Rádio Grenal neste domingo (3), o presidente do Grêmio, Romildo Bolzan Júnior, falou sobre dos planejamentos de sua equipe para a época do ano que vem. Reeleito por aclamação para mais um dever, o gerente deixou evidente que o foco do Tricolor Imorredouro é ressaltar as suas carências dentro de campo, ainda que a maior valia de hora consista na pousada no G-6 para a medida a Libertadores.

Com a conquista por 2 a 0 sobre o Externo, o Grêmio terminou a 30º rodada do Torneio Brasileiro na quinta posto. O esquadra de Renato Portaluppi está a 2 pontos do São Paulo, que vem logo após na quarta opinião, fechando o G-4 ( grupo de classificáveis para a Libertadores sem mudar pela repescagem).

Em um tensão muito encarregado, Romildo Bolzan Jr. destacou o não ambição em abrir demasiadamente os cofres do Grêmio. Para complementar as carências existentes, o planejamento principiante consiste em consulta às categorias de base da equipe, a fim de obter peças que possam ser bem aproveitadas no lista profissional. Caso um setor continue exangue, apenas por isso o Tricolor se lançará ao mercado na procura de reforços:

“O primeiro passo para as carências é analisar se base nos atende, caso não em qualquer ofício, aí efetivamente vamos ao mercado. Porém não é momento de julgar em modernização de maneira pública. Precisamos distribuir para a Libertadores“, destacou para a Rádio Grenal.

A medida para a Libertadores caindo para a ciclo de repescagem não é uma coisa bem averiguado pelo presidente. Para ele, é necessário que o Grêmio consiga se distribuir dentro do G-4, uma vez que dessa maneira haverá a firmeza que de fato o esquadra disputará o correção continental. Isto permite um planejamento mais efetivo, tendo em mãos o tabela apurado que o esquadra terá pela frente.


Leiam Também...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *